O protocolo de autoajuda (versão em Português do Brasil)

Para começar o protocolo de autoajuda você precisa de:


Para mais informações sobre o uso da RV e a ciência por trás do protocolo, visite os vários links que deixamos disponíveis para você.

Se preferir, você também pode fazer o download do protocolo

SUGESTÕES DE USO:

Use-o por uma semana, duas ou mais vezes por dia

  • Vai depender do seu nível de ansiedade. A ideia é tentar pela manhã tão logo você se levante e novamente antes de dormir como uma ferramenta de regulação emocional. Entretanto, se houver alguma dificuldade no decorrer do dia, O Jardim Secreto pode se tornar um lugar seguro para reduzir o estresse emocional e começar de novo.

Use-o junto com uma ou várias pessoas

  • Seu parceiro pode ser seu filho ou, simplesmente, um grupo de amigos, mesmo que vocês não estejam todos no mesmo ambiente físico. Estar juntos na mesma experiência compartilhando sentimentos e reflexões propostas pode reconstruir o senso de comunidade e reduzir as diferenças.

Use-o para pensar em você e em seus projetos futuros

  • Um dos paradoxos do coronavírus é que, apesar de ser um problema, pode ser também uma oportunidade única. De fato, querendo ou não, essa situação nos obriga a mudar e a lidar com novas situações, como a quarentena, a convivência estreita com filhos e cônjuge, a falta de relacionamentos e assim por diante. Partindo dessa perspectiva, a experiência com O Jardim Secreto pode ser usada para limpar a mente, abrindo-nos um novo espaço e energia para refletir e para lidar com nossos sonhos e explorar o que os está bloqueando. Você verá mais abaixo uma sugestão de protocolo para seguir depois da primeira experiência diária com O Jardim Secreto.

PRIMEIRO PASSO: ABRA O VÍDEO DO JARDIM SECRETO NO APP DO YOUTUBE E COLOQUE O SMARTHPHONE NO ÓCULOS DE RV

Clique neste link para que seu smartphone abra o app do YouTube. Tocando na tela do smartphone você verá a interface mostrada abaixo.

Pressione o botão em forma de ÓCULOS abaixo e à direita. A tela se dividirá em duas. Quando isso acontecer, coloque o seu smartphone no óculos virtual e desfrute da experiência.

Caso tenha algum problema, utilize este vídeo para orientação.

SEGUNDO PASSO: SIGA O PROTOCOLO DE 7 DIAS

Dia 1: Luta contra a ruminação

  • O PROBLEMA: pensar no coronavírus e nas suas consequências, assim como tê-lo dando voltas na mente é natural. Entretanto, para que isso não se transforme em uma fixação, é preciso aprender a controlar esse processo.

  • O OBJETIVO: para fazer isso, comece mudando de perspectiva. Por exemplo: tente imaginar que você é uma pessoa diferente – um médico que tem que tratar um paciente, um político que tem que decidir o que fazer, uma enfermeira que tem que dar suporte ao paciente em seus últimos momentos de vida – e descrever por escrito como você desabafaria a raiva, sentimentos de desamparo, e/ou outra dificuldade emocional que essa situação pode gerar.

  • EXPERIÊNCIA SOCIAL: se você quiser pode conversar sobre seus sentimentos com seu parceiro/a e compará-los com os dele/dela para entender as semelhanças e diferenças.

Dia 2: Desperte a sua autoestima

  • O PROBLEMA: a quarentena, ao nos forçar a repetir sempre as mesmas coisas com as mesmas pessoas no mesmo espaço físico, pode nos tornar apáticos e baixar nossa autoestima.

  • O OBJETIVO: para despertá-la, liste por escrito os cinco aspectos de seu caráter e de sua personalidade que você aprecia. Coloque-os em ordem de importância, e discuta os dois pontos a seguir para cada um: por que isso é importante e como isso influenciou sua vida e seus relacionamentos?

  • EXPERIÊNCIA SOCIAL: se quiser, converse com seu parceiro/a e verifique se ele/ela compartilha a mesma visão ou não, e por quê.

Dia 3: Desperte sua memória autobiográfica

  • O PROBLEMA: a falta de lugares enfraquece nossa memória autobiográfica, levando-nos a relembrar sempre os mesmos dias e nos fazendo perder a memória de quem somos e do que queremos.

  • O OBJETIVO: para despertá-la, liste por escrito quatro momentos e/ou eventos em sua vida que ajudaram você a ser quem você é e um momento da emergência do coronavírus que você lembra em particular. Para cada um deles discuta os seguintes pontos: por que esses momentos/eventos são importantes, quais emoções provocaram em mim, e quando experimentei emoção similar?

  • EXPERIÊNCIA SOCIAL: se desejar, você pode compartilhar esses pontos com seu parceiro/a e comparar com o seus para entender semelhanças e diferenças.

Dia 4. Desperte o seu senso de comunidade

  • O PROBLEMA: o enfraquecimento do senso de comunidade pode aumentar nosso sentimento de solidão.

  • O OBJETIVO: para despertar o seu senso de comunidade, liste as cinco pessoas mais significativas em seus relacionamentos. Para cada uma, discuta os pontos abaixo: por que elas são importantes, você também é importante para elas e por quê?

  • EXPERIÊNCIA SOCIAL: se desejar, discuta isso com seu parceiro/a e compare com suas escolhas para entender semelhanças e diferenças.

Dia 5. Desperte os seus objetivos e os seus sonhos

  • O PROBLEMA: o sentimento contínuo de ansiedade gerado pela emergência do novo coronavírus pode levar à interrupção de nossas atividades da vida diária, fazendo-nos perder nossos objetivos e aspirações.

  • O OBJETIVO: para despertá-los, liste por escrito três objetivos concretos e dois sonhos/aspirações que você gostaria de alcançar depois da quarentena. para cada um deles, discuta os seguintes pontos: por que eles são importantes para você, o que você sente que é necessário para alcançá-los, e o que você pode fazer agora?

  • EXPERIÊNCIA SOCIAL: se você desejar, pode discuti-los com seu parceiro/a para entender semelhanças e diferenças.

Dia 6. Aumente a sua empatia

  • O PROBLEMA: todos os relacionamentos sempre envolvem um dar e receber. Mas para efetivamente “dar” nós devemos ser capazes de “receber” o ponto de vista do outro.

  • O OBJETIVO: para fazer isso, pense na última interação significativa que você teve com cada uma das cinco pessoas que indicou no dia 4 e tente descrever por escrito as emoções que você acha que elas sentiram naquele momento.

  • EXPERIÊNCIA SOCIAL: novamente, você pode discutir suas emoções com seu parceiro/a e compará-las para entender semelhanças e diferenças.

Dia 7. Planeje a sua mudança

  • O PROBLEMA: o novo coronavírus, voluntária ou involuntariamente, nos obriga a mudar e a lidar com novas situações como a quarentena, convivência estreita com crianças e cônjuge, falta de relacionamentos, e assim por diante.

  • O OBJETIVO: você pode se propor a usar esse período para tentar melhorar sua vida. Comece identificando por escrito três aspectos de sua vida com as quais você está insatisfeito/a. Em uma primeira folha descreva as possíveis soluções, colocando-as em ordem de probabilidade de sucesso e custo/oportunidade. Em uma segunda folha, identifique os problemas potenciais e seu impacto. Finalmente, na terceira folha, identifique as ferramentas e/ou informação que lhe faltam, mas que podem ajudá-lo/a a alcançar possíveis soluções.

  • EXPERIÊNCIA SOCIAL: finalmente, rasgue a folha de problemas e use as outras duas folhas para planejar estratégias que possam conduzir à resolução de seus problemas com o apoio de seu parceiro/a.